Dia de Combate ao Estresse é alerta para a prevenção da doença

SAN_IMAGEM-BLOG-STRESS

Quem não se sente estressado com a rotina que a vida moderna exige? Trabalho, casa, estudos, filhos, relacionamento, trânsito. Nossa sociedade está 24 horas conectada, vivendo as agonias de trabalhar muito e desafios constantes na profissão e na vida particular.

Apesar de ser causado por fatores externos, as emoções ligadas ao estresse podem causar problemas que afetam a saúde física das pessoas. De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde, 90% da população mundial sofre com os efeitos da doença.  

Para saber se você anda por aí estressado, veja quais são os sintomas:

- Irritabilidade acima do justificável

- Insônia e sensação de desgasta pela manhã

- Dificuldade de concentração

- Lapsos de memória

- Desmotivação

- Depressão

As pessoas geralmente têm dificuldade de perceber que estão com estresse porque muitos desses sintomas estão associados à personalidade, mas é preciso notar o quanto isso interfere na vida pessoal e profissional do indivíduo para saber se é preciso buscar tratamento adequado, pois a demora em resolver a situação pode causar estresse crônico.

Nesse nível, ele pode deixar o paciente com a imunidade mais baixa, provocando aumento de peso e da pressão arterial.  Além de problemas cardíacos, digestivos, ansiedade e dores lombares.

Comemorado em 23 de setembro, o Dia de Combate ao Estresse faz um lembrete importante sobre como a conscientização é a primeira medida para prevenir ou remediar sintomas de estresse. Ter a consciência de que é importante adotar hábitos de vida mais saudáveis, alimentando-se e dormindo melhor, praticando exercícios físicos é essencial para deixar o estresse de lado e viver com mais qualidade